Em paralelo com o aumento da demanda e a modernização na forma de jogar online,
tem crescido ainda um outro mercado ao redor do mundo e também no Brasil:
estamos falando do setor financeiro e as opções que ele oferece para o publico que
está cada vez mais antenado e exigente. Jogar em um cassino online está cada vez
mais fácil, prático e livre de burocracias. Para quem gosta de apostar dinheiro nos
principais sites, as opções de pagamentos são as mais variadas e atende aos diversos
requisitos que os apostadores precisam. Em muitos dos casos nem é preciso ter um
cartão de crédito ou até mesmo fornecer o número de uma conta bancária. Tudo isso
com a certeza de segurança e de que você não irá perder nenhum centavo. Como isso
é possível já que estamos falando de internet? Explicamos mais embaixo neste artigo.

Hoje vamos falar de um dos ramos de pagamento que tem ganhado a confiança e
fidelidade de muitos apostadores de cassinos online em todo o mundo. Estamos
falando das criptomoedas, um tipo de moeda digital que, mesmo você não podendo
tocar por não possuir uma forma física, possui muito valor e até mesmo cotação
variando diariamente de acordo com a situação do mercado financeiro. Isso mesmo!
Não estamos brincando, com este tipo de moeda, que inclusive é muito valorizada
como o Euro e o Dólar, você pode fazer pagamentos através da internet, como se
estivesse lidando com o dinheiro corrente do nosso país, por exemplo. Não é só
porque ele não existe fora da internet que ele não possui valor no Mercado. Vamos
falar mais sobre isso e como essa nova forma de pagamento tem afetado o mundo dos
jogos virtuais.

O que são criptomoedas?

Criptomoedas (Crypto) são moedas virtuais que normalmente usam uma rede
descentralizada para realizar transações financeiras seguras. Com a plataforma de
negociação da Plus500, você pode negociar CFDs Crypto – como Bitcoin, Ripple XRP,
Ethereum e muito mais – especulando sobre seus movimentos de preços, sem
realmente possuí-los.

O que é Bitcoin?

No dia 31 de outubro de 2008, auge da crise do subprime, um programador usando o
pseudônimo de Satoshi Nakamoto publicou o White Paper do Bitcoin, um documento
descrevendo como o sistema iria funcionar. Desde então, o Bitcoin vem sendo adotado
por milhões de pessoas no mundo.

Bem, em meios termos, não há muito segredo. Podemos defini-la como uma moeda
digital, tendo em vista que ele só pode ser utilizada através de forma online, ou seja,
ela possui valor e pode ser comercializada apenas na internet. Ela foi idealizada para
esses tipos de transações e pode ser usada na compra e venda de produtos, de acordo
com o valor que ela possui. Ela não pode ser sacada ou transformada em qualquer tipo
de moeda na forma física, ou seja, você nunca irá tocá-la. Pode até parecer surreal
para muita gente que nunca utilizou o método ou nunca ouviu falar. Entretanto, para
quem usa, ela tem se tornado uma verdadeira mão na roda por ser uma forma de
pagamento rápida, prática e livre de burocracias. O valor dele, que oscila diariamente,
depende de quanto o Mercado acha que ele deve valer, e, acredite: ele vale muito!

A mais conhecida mundialmente e com maior circulação do mercado online é o
Bitcoin, cujo o nome do criador ainda é desconhecido, o que torna esse universo ainda
mais apaixonante e incrível. O Bitcoin foi a primeira criptomoeda do mundo e há oito
anos funciona sem qualquer interrupção, baseada em uma rede descentralizada
extremamente segura chamada Blockchain criada por alguém que utilizou o codenome
Satoshi Nakamoto. Dentre variadas, podemos destacar algumas das vantagens do uso
deste tipo de moeda:

Liberdade de pagamento;
Taxas menores;
Segurança;
Privacidade;
Controle;
Transparência.

Depois dele, surgiram outros tipos de moedas criptografadas, que falaremos dela no
decorrer deste artigo.

O Bitcoin é seguro?

Antes de qualquer coisa, é importante observar que o Bitcoin não é emitido ou
controlado por nenhum governo, banco central, pessoa ou empresa. Todo o seu
processo acontece de forma online e as suas solicitações não passam por nenhum
banco ou instituição financeira para ser processada, o que agiliza todo o trabalho.
Todo o controle é feito por uma rede de computadores que está distribuída ao redor
do mundo, em diversas localidades, sendo a responsável por confirmar e verificar
todas as transações.

Todas as decisões são tomadas através de um consenso de maioria simples 50%+1
entre todos os participantes da rede. Ou seja, o processo é muito rápido e pode ser
utilizado até mesmo para transações financeiras entre países. Por exemplo: você pode
enviar dinheiro para algum familiar ou amigo que mora na Inglaterra utilizando
Bitcoins, no dia e hora que você quiser, e todo o montante estará disponível para o
destinatário em cerca de 10 minutos.

E isso é seguro? Você pode está se perguntando. Sim! Até mais do que você imagina.
Com o uso de moedas criptografadas, o usuário está livre dos efeitos provocados pelas
crises financeiras, por exemplo. Imagine que, assim como aconteceu na época do
Governo do ex-presidente Fernando Collor de Melo, quando milhões de brasileiros
tiveram as suas poupanças congeladas devido à crise que o Brasil enfrentava, isso não
teria afetado o dinheiro salvo nas carteiras virtuais de Bitcoins. A moeda é liberada no
Brasil e a população pode utilizá-la para qualquer tipo de comercialização desde que os
registros de ganho sejam declaradas no Imposto de Renda. Você pode comprar as
moedas diretamente de outros usuários, mas vale lembrar que mantê-las não gera
nenhum tipo de lucro com relação à juros, já que se trata de uma certeira virtual e não
de uma poupança. As compras e vendas também podem ser realizadas através de
corretoras, tudo isso de forma virtual, como uma espécie de bolsa de valores.

Basicamente o usuário se cadastra, envia os documentos, realiza o depósito com uma
conta bancária e compra suas moedas com o saldo em real.

Como funciona o Bitcoin?

O funcionamento é muito simples. Geralmente, os registros dele são feitos como algo
do tipo “João enviou 0,10 moedas de Bitcoin para Maria no dia 02/03/2020 às
14h00min”. De forma básica, você copia o endereço para quem deseja enviar as
moedas, cola em sua carteira, preenche a quantidade, escolhe uma taxa e envia. Esse
processo acontece muitas vezes diariamente e todas as informação são salvas,
automaticamente, em diversos blocos.

A oferta de novas unidades da criptomoeda ocorre através de um processo chamado
de mineração. Estima-se que só existirão 21 milhões de bitcoins e cerca de 80% das
moedas já foram criadas. É possível comprá-lo em frações, o que o torna acessível. Ele
é divisível em até 8 casas decimais, ou seja, você pode comprar 0.1, 0.01, 0.001 BTC e
assim em diante. O custo de uma transação é variável, ele depende do número de
transações pendentes na rede.

Apesar de poucas moedas, a criptomoeda pode ser dividida em até sete casas
decimais. Especialistas dizem que não existe ponto de falha neste tipo de moeda. Não
podemos afirmar que ele seja 100% seguro e livre de qualquer problema, mas, até os
dias atuais, ao longo de 10 anos, esse método não tem trazido dor de cabeça aos
usuários.

Litecoin e Ethereum

No mercado ainda podem ser encontradas as moedas criptografadas da Litecoin e
Ethereum, que estão consistentemente entre as cinco principais moedas quando se
trata de capitalização de mercado. Apesar de se tratarem de criptomoedas, são dois
projetos totalmente diferentes, sendo o primeiro um sistema de pagamento muito
parecido com o Bitcoin; já o Ethereum trata-se de um sistema de computador
descentralizado com sua própria linguagem de programação. Tanto o Litecoin quanto o Ethereum têm tempos de transação rápidos e práticos. Na rede Litecoin, novos
blocos são formados a cada 2,5 minutos. O Ethereum tem uma blockchain muito mais
rápida e novos blocos são formados a cada 10 a 20 segundos.

O que é importante na seleção de um método de pagamento?

Escolha um método de pagamento confiável, seguro e certo para você. Existem outras
variedades independentes das quais listamos acima, mas isso não significa que não são
seguras. Enumeramos os principais utilizados no Brasil e que já estão no mercado há
algum tempo. Ou seja, dá para fazer uma avaliação delas. Caso você opte por outra,
tenha certeza de que a sua escolha é a melhor possível.

Outras formas de Pagamento

Observe as formas de pagamento que o cassino online oferece. Elas são realmente
vantajosas para você? Elas te oferecem comodidade? Sobre isso, poderíamos escrever
muitas dicas aqui, mas vamos tentar sintetizar porque este é o tema de um outro
artigo que oferecemos para você. Mas veja quais tipos de pagamento a empresa
oferece e se ela trabalha com cartões de créditos renomados mundialmente. Algumas
casas oferecem a opção de pagamento em boleto, mas é preciso uma conferida a mais
com quem já passou por a mesma experiência antes e checar se é mesmo seguro.

Não é difícil encontrar apostadores de todas as partes do mundo nas redes sociais,
geralmente eles estão aglomerados em grupos de jogos e fóruns de discussões.
Participe deles e nunca deixe de questionar mesmo que você acredite que se trata de
uma pergunta estúpida. Acredite: ela nunca será e pode te poupar muitos problemas.
Alguns dos métodos de depósito de cassinos online são os seguintes:

Carteiras virtuais (por exemplo: PayPal, Neteller);
Cartões de crédito e cartões de débito;
Depósitos / Transferências Bancárias;
Cartões pré-pagos (por exemplo: EcoPayz, PaySafeCard);
Criptomoedas;

Outros

Já podemos dizer, de antemão, que as opções são as mais variadas e as melhores:
práticas e fáceis. Depósitos feitos de forma rápida, com facilidade e segurança em um
cassino online são uma das características mais importantes para os jogadores.
Analisamos os melhores métodos de pagamento de cassino abaixo e, claro, para você
avaliar o seu melhor método de depósito.

Na América Latina, por exemplo, são oferecidos muitos métodos de pagamento e
depósito para os jogadores. O Brasil segue este mesmo exemplo e é possível fazer tudo
de casa, através de seu computador ou celular, sem sair de sua zona de conforto. Sim,
claro: conforto é fundamental! Já imaginou ter que sair, enfrentar filas em banco ou
sistemas burocráticos? Muito chato não é? Bom mesmo é fazer tudo rápido, sem
estresses ou burocracias. Afinal, como sempre dizemos aqui, cassinos online são para
diversão e não para nos provocar raiva, concorda querido leitor? Nesse caso, talvez
seja melhor para você selecionar um método de pagamento online como o cartão de
crédito sem a necessidade de sair da sua casa. Outras formas cômodas também estão
disponíveis.

No Brasil, há a possibilidade de fazer depósitos em suas contas dos melhores cassinos
online de uma maneira diferente. Confira as opções comumente disponíveis nos
cassinos online:
Cartões de crédito e débito

Visa – Um dos cartões mais conhecidos e usados no Brasil e no mundo, o cartão de
debito e credito Visa é aceito pela maioria dos cassinos online que operam no país. Ele
é considerado uma das formas de pagamento mais rápidas e práticas, ocorrendo de
forma instantânea praticamente. Ou seja, assim que você realiza um pagamento
através de seu cartão visa em poucos minutos você já está hábito para usar o seu
dinheiro e apostar como bem quiser. Legal, não é? Antes disso, não se esqueça de consultar as tarifas de seu banco, ok? Bom pesquisar antes e saber se esta é realmente
uma opção viável para você com relação aos custos.

MasterCard – A bandeira MasterCard também é muito conhecida mundialmente e
também uma das mais confiáveis do mercado. Conseqüentemente, tornou-se também
uma das mais usadas pelas casas de Cassino Online, tanto no Brasil quanto no mundo.
Assim como outras bandeiras, verifique com o seu banco as taxas pelo uso dos serviços
e perceba se, de fato, esta é a melhor opção de pagamento para você.

American Express – O American Express não é um dos mais utilizados no Brasil e
esse nome pode ate soar estranho para você. Mas ele também pode ser usado como
uma forma de pagamento para os melhores cassinos online do Brasil e do mundo. Até
o momento, poucos cassinos utilizam dele nos pais por ser um nome ainda novo, mas
não deixa de ser uma opção. Mundialmente, o American Express é o imperador
indiscutível de métodos de pagamento, cuidando de cerca de 25% de todas as
transações americanas.

Transferência Bancária
Sim, é possível fazer uma transferência bancária para o seu cassino. Inclusive, a
maioria deles, já está aceitando a modalidade, já que muita gente não quer ocupar o
limite do cartão de crédito e prefere fazer esse pagamento à vista. A transação é
facilmente feita através do online banking e dos aplicativos móveis, ou, se você
preferir, nos caixas eletrônicos. A modalidade, inclusive, pode ser até mais rápida do
que o uso de cartão de crédito, já que o débito acontece de forma instantânea e
automática.

Boleto Bancário
Essa é uma das modalidades que os brasileiros mais gostam. Tudo o que você precisa
fazer é imprimir o boleto, ou pagar online através do seu aplicativo de banco preferido.
Outra vantagem do pagamento em boleto é que você não precisa preencher muitos
dados no site do cassino e é uma ótima opção para quem não tem cartão de crédito ou não quer utilizá-lo para estes fins. Vale lembrar que se trata de um método fácil, mas
não pratico, já que os boletos bancários podem tomar dias para serem processados.
Ou seja, enquanto o valor não é corretamente debitado, você não poderá fazer
apostas durante este tempo.

Bolsas Virtuais
As bolsas virtuais são um excelente meio de pagamento, pois oferece segurança e
privacidade para quem joga na internet. Os dados bancários do jogador com carteira
virtual são protegidos com as mais modernas tecnologias de segurança. Entre as
diferentes possibilidades de bolsas virtuais estão: PayPal, PayU, Skrill, Astropay e
EcoPayz.

PayPal – Muita gente já conhece e aprova o PayPal. Trata-se de uma modalidade de
carteira virtual que, mesmo que você não possua uma conta bancária, você pode
enviar e receber dinheiro por esta plataforma sem nenhum tipo de problema, já que as
taxas podem ser consideradas acessíveis.

Skrill – Outra modalidade de carteira virtual é o Skrill, sendo muito popular entre os
jogadores dos cassinos online. Com ele, você pode enviar e receber fundos numa conta
totalmente online.

AstroPay – Trata-se de um cartão pré-pago virtual, com o qual você pode fazer
compras online sem deixar registros na sua conta bancária. Você apenas escolhe
quanto deseja depositar no cartão, paga como quiser, e depois pode utilizá-lo onde ele
for aceito. Ele possui criptografia de ponta a ponta, autenticação e privacidade dignos
de confiança, além de ser totalmente flexível.

EcoPayz – O ecoPayz é uma plataforma de pagamentos online que permite enviar e
receber dinheiro no mundo todo. É gratuito e fácil de abrir uma conta em minutos, sem conta bancária nem verificação de crédito. Você pode carregar sua conta de
diferentes maneiras, como lhe for conveniente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here